Como comprar apartamento na planta

Redação

Como Comprar Apartamento na Planta

O sonho de ter um lar para chamar de seu tem estado mais ao alcance dos brasileiros nos últimos anos graças a formas mais facilitadas de acesso ao crédito e a financiamentos. Opções como comprar apartamento na planta atraem, embora esse tipo de negócio também gere dúvidas e receitas. Para te ajudar a tomar uma decisão bem planejada, confira algumas dicas e cuidados sobre o financiamento de apartamento na planta.

Optar por comprar um apartamento ainda na planta tem suas particularidades em comparação ao jeito mais convencional de adquirir um lar. O principal é que o apartamento em si ainda não está pronto, ele será construído, e você irá financiar a obra que será executada pela incorporadora/construtora. O lado positivo disso é a certeza de uma construção nova e sem imperfeições, o ponto negativo são os cuidados legais e os juros.

Como funciona o processo

Apartamento na planta

No geral, se você tem dúvidas sobre como comprar apartamento na planta, o processo funciona assim:

  1. você pesquisa por projetos e analisa as opções;
  2. escolhe o que  é mais adequado para suas condições e requisitos;
  3. entra em contato com a construtora e acerta métodos de pagamento (geralmente há uma entrada, parcelas durante o período de construção e uma quantia a ser quitada);
  4. então, é fechado o negócio.

Depois de concluída a obra, o restante do valor que precisa ser pago pelo apartamento pode ser financiado através de um banco e em alguns casos pela própria construtora.

Como comprar apartamento na planta sem correr riscos

É preciso cuidado e atenção durante todo esse percurso de como comprar apartamento na planta. Primeiro, antes mesmo de procurar por apartamentos, é fundamental saber o quanto você pode investir.

O ideal é que as prestações do seu futuro apartamento não superem a porcentagem de 30% do seu rendimento mensal. Além disso, faça uma pré-avaliação com o banco de sua escolha para ter certeza de que, quando a hora chegar, você poderá realizar o financiamento do valor restante do imóvel (o chamado saldo devedor). Confira mais informações sobre o que é necessário para financiar seu apartamento.

É muito aconselhável fazer uma pequena “investigação” sobre a empresa responsável pela obra. Procure informações sobre empreendimentos passados, se possível até visite alguns ou converse com moradores, pesquise a reputação da construtora online (em sites como Reclame Aqui e no Procon, por exemplo) e também verifique se a empresa não possui nenhum processo contra ela, o que pode ser feito através do site do Tribunal de Justiça do seu estado.

Outro ponto que merece atenção: o contrato. É essencial ler com atenção o contrato da construtora antes de assiná-lo. Nele estão especificados não apenas questões legais, como multas contratuais, valor dos juros sobre parcelas e saldo devedor, tempo de duração da obra etc, mas também as características físicas do seu futuro lar.

Certifique-se de que tudo que te foi oferecido (como material usado, tamanho dos cômodos, disposição dos ambientes) esteja realmente no contrato. E peça para um advogado de confiança avaliar a papelada.

Vantagens e desvantagens de comprar apartamento na planta

As vantagens

Assim como comprar apartamento na planta apresenta cuidados na hora de escolher um imóvel e firmar o contrato, essa opção também tem suas vantagens. A principal dela é que o apartamento será novo.

Escolhendo uma empresa de confiança e tendo atenção às futuras características do imóvel, é possível contar com um apartamento exatamente do jeito que você sonhou e com a certeza de que ele seja seguro e livre de imperfeições na sua estrutura (o que nem sempre acontece no caso de imóveis usados). Além disso, você tem garantia de cinco anos sobre qualquer problema estrutural que o apartamento possa vir a apresentar, o que dá mais segurança e tranquilidade.

As desvantagens

Já o principal ponto negativo desse tipo de negócio está no reajuste das parcelas pagas à construtora e nos juros e taxas aplicados caso você decida financiar o saldo devedor. As parcelas pagas à empresa responsável pela obra são ajustadas mensalmente com base no Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), o que pode aumentar o saldo devedor.

É preciso muita atenção com esse fator que pode passar despercebido na hora de fechar o negócio, aqui vale ressaltar de novo a importância de ler o contrato criteriosamente. Uma dica para evitar que o INCC acabe encarecendo o financiamento desse saldo devedor além do que você imagina é estabelecer as prestações com um valor mais alto, aproximadamente 1% do total do imóvel, e assim amortizar a dívida.

Outra desvantagem de adquirir um imóvel na planta é ter que esperar ele ser construído e, além disso, correr o risco da obra atrasar. Por lei, as construtoras podem estender a obra em até 180 dias após o prazo estipulado em contrato para o término da construção. No entanto, qualquer atraso maior do que isso fere os direitos do consumidor, que pode procurar a Justiça.

Entendeu o processo sobre como comprar apartamento na planta?

Comprar apartamento na planta

Comprar um apartamento na planta é uma opção que oferece diversas vantagens, como preços mais baixos, maior flexibilidade de negociação e possibilidade de valorização do imóvel. No entanto, é importante realizar uma pesquisa cuidadosa antes de fechar negócio, para garantir que a construtora é confiável e que o projeto atende às suas necessidades.

Espero que você tenha entendido melhor sobre como comprar apartamento na planta lendo esse post. Se esse conteúdo te ajudou de alguma forma, compartilhe com os amigos que podem ter interesse!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.