Homem com dor de cabeça no verão

Redação

Dor de cabeça no verão é mais comum?

Sim, a dor de cabeça no verão é mais comum do que em outras estações, e isso por causa do calor¹. Esse aumento nas crises de dor de cabeça no verão, porém, não é gerado somente pela temperatura, mas também por outras causas que nem imaginamos, como consumo de refrigerantes e pouco sono¹.

Calor e dor de cabeça: a dupla do verão

O excesso de calor pode causar o tipo mais comum de dor de cabeça, a dor de cabeça tensional. Isso porque o calor, típico do verão, ainda mais em países tropicais como o Brasil, causa desidratação, que é um dos fatores que desencadeiam a dor de cabeça¹. Por isso é tão comum sentir dor de cabeça ao final de um dia quente de verão. Muitas vezes não ingerimos a quantidade suficiente de água para manter o corpo hidratado durante um dia inteiro suando a camisa – literalmente, né?!

Outro problema que liga o calor do verão à dor de cabeça é que, nessa estação, muitas vezes acabamos deixando de tomar água para beber outros líquidos, principalmente refrigerantes. Isso é outro agravante da dor de cabeça, já que essa bebida possui cafeína, que pode também causar desidratação e iniciar uma cefaleia¹. Então, para evitar tudo isso, beba muita água!

Calor causa dor de cabeça também pela da falta de sono

A falta de sono regular é mais um dos fatores que podem causar dores de cabeça, e não apenas a cefaleia tensional, mas também a cefaleia do esforço físico². Com o aumento da temperatura, é bem comum a gente acabar com noites de sono desconfortáveis e irregulares e, como o verão ainda é uma época em que se pratica muita atividade física, esses dois fatores se juntam e causam a cefaleia do esforço físico² ¹.

Para evitar a dor de cabeça no verão

Algumas atitudes e hábitos bem simples podem ajudar a evitar que a dor de cabeça apareça para estragar o verão. Beba bastante água, procure sempre se manter hidratado e evite ingerir grandes quantidades de refrigerantes e outras bebidas com cafeína¹.

Se abrigue do sol e use chapéus e roupas leves, porque assim você evita transpirar em excesso, o que também causa desidratação – e de quebra se protege da insolação, outro problema bem comum do verão. Por fim, procure ter noites de sono de qualidade¹, regradas e com 8 horas de duração.

E se a dor de cabeça chegar?

Mas se mesmo com as dicas e cuidados a dor de cabeça ainda assim te incomodar, você pode contar com diversas ofertas de medicações no mercado para aliviar a dor rapidinho. Mas lembre-se sempre de consultar um médico se os sintomas demorarem a passar.

Referências:

  1. Varjão FM, Jorge JH, Nepelenbroek KH, Júnior FGPA. Cefaléia, Tipo Tensional. Revista Saúde e Pesquisa [Internet]. 2008 maio-ago. fonte .
  2. Teles A. Cefaléia primária do esforço físico em atletas de natação. Migrâneas cefaleias [Internet]. fonte .

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.