Tipos de financiamento imobiliário

Redação

Tipos de Financiamento Imobiliário: Conheça 4 Tipos

Comprar um imóvel à vista, para muitos, é algo inviável. Por conta disso, foram criados diversos tipos de financiamento imobiliário. A ideia do financiamento é facilitar a realização do sonho de quem busca um imóvel próprio, com condições acessíveis e seguras.

O financiamento de um imóvel no litoral, por exemplo, é uma ótima alternativa para quem quer realizar um investimento rentável e também para lazer. Mas, para realmente saber qual a melhor opção para você, entre os tipos de financiamento imobiliário, veja os esclarecimentos de dúvidas comuns que trouxemos hoje!

O que é o financiamento imobiliário

Financiar um imóvel é, basicamente, uma forma conseguir dinheiro emprestado com uma instituição financeira. Um empréstimo concedido por um banco ou outra instituição financeira para a compra de um imóvel. O valor do empréstimo pode ser parcelado em até 35 anos, com juros que variam de acordo com a instituição financeira e o tipo de financiamento.

No caso, essa instituição compra o imóvel no seu nome e você pagará as prestações para ela, com juros que variam de empresa para empresa. Esse financiamento pode ser feito de diversas maneiras, que falamos a seguir!

Existem vários tipos de financiamento imobiliário disponíveis no mercado. Cada um deles tem suas próprias características e vantagens, por isso é importante escolher o que melhor se adapta às suas necessidades e condições financeiras.

Tipos de financiamento imobiliário

Sistema Financeiro de Habitação (SFH)

O Sistema Financeiro de Habitação (SFH) é um programa do governo federal que oferece condições especiais para a compra de imóveis residenciais. Os financiamentos do SFH têm juros mais baixos do que os financiamentos do Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), além de exigirem menos garantias.

Para se qualificar para um financiamento do SFH, o imóvel deve atender a alguns requisitos, como:

  • Valor máximo de avaliação de R$ 800 mil;
  • Área construída máxima de 1.250 m²;
  • Localização em área urbana ou de expansão urbana.

Os financiamentos do SFH também têm limites de renda para o tomador do empréstimo. Para imóveis com valor de avaliação de até R$ 300 mil, a renda familiar bruta mensal não pode ser superior a R$ 7 mil. Para imóveis com valor de avaliação superior a R$ 300 mil, a renda familiar bruta mensal não pode ser superior a R$ 9 mil.

Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI)

O Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) é um programa que oferece condições mais flexíveis para a compra de imóveis residenciais e comerciais. Os financiamentos do SFI não têm limites de valor ou de renda, mas têm juros mais altos do que os financiamentos do SFH.

Os financiamentos do SFI podem ser contratados com bancos, financeiras e outras instituições financeiras.

Consórcio Imobiliário

O consórcio imobiliário tem se tornado a forma de financiamento mais utilizada para quem busca investir em um imóvel. Isso ocorre, pois, no consórcio não há restrição de valores e não há cobrança de juros, sendo o único adicional cobrado o referente à taxa de administração.

Entretanto, a contemplação do consórcio ocorre de 3 maneiras: por sorteio, por lance ou no encerramento do grupo. Por conta disso, a liberação de recursos do consórcio pode ‘demorar bem mais que o dos outros sistemas de financiamento.

Financiamento Direto

O financiamento direto é feito pelas próprias construtoras. No caso, estas oferecem opções de financiamento mais acessíveis para imóveis que ainda estão na planta. É uma ótima ideia para quem busca um imóvel em um condomínio fechado no litoral, por exemplo.

Como escolher o melhor dentre os tipos de financiamento imobiliário

A escolha do melhor dentre os tipos de financiamento imobiliário depende de vários fatores, como o valor do imóvel, a sua renda, as suas condições financeiras e o seu objetivo com o financiamento. Se você quer comprar um imóvel residencial com valor baixo e tem renda familiar limitada, o SFH é uma boa opção. Os financiamentos do SFH têm juros mais baixos do que os financiamentos do SFI e exigem menos garantias.

Se você quer comprar um imóvel residencial ou comercial com valor mais alto ou tem renda familiar mais alta, o SFI pode ser uma boa opção. Os financiamentos do SFI não têm limites de valor ou de renda, mas têm juros mais altos do que os financiamentos do SFH. Se você quer comprar um imóvel diretamente com a construtora, é importante negociar as condições do financiamento antes de fechar o negócio.

Gostou das dicas?

Lembre-se de fazer uma simulação de financiamento em diferentes instituições financeiras para comparar as condições e os juros, levando em consideração o seu objetivo, sua renda e as suas condições financeiras!

Também, não deixe de conferir nosso post sobre como comprar apartamento na planta.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.